IMG_3047.jpg

O projeto Ditadura Gay ainda contou com uma exposição final, realizada entre 28 de abril e 28 de maio de 2018, na Casa de Cultura da Vila Guilherme (zona norte da cidade de São Paulo). 

Nessa exposição reunimos um compilado de todas as produções desenvolvidas ao longo dos processos formativos e do acervo do artista Bruno Marcitelli aka B.U.Z.Z., no intuito de organizar um narrativa mais coesa de toda a resistência estética discursiva produzida ao longo dos dois anos de trabalho empenhados.

A exposição também contou com rodas de conversa com a participação de MC Dellacroix e da Inês Brasil.

Inês Brasil também participou da estreia da nossa célula cênica com o homônimo Ditadura Gay, um experimento performático que objetivava organizar os atentados poéticos elaborados ao longo da ação em um formato cênico único.

A exposição, como toda a programação de todo o projeto (e de tudo que a gente tem feito até então), foi completamente gratuita, privilegiando o acesso a comunidade LGBT+ dos bairros periféricos da zona norte de São Paulo.