Festival-PowLíticocor2.jpg
paulo-tavares.jpg

aRQUITETURA fORENSE: a ORGANIZAÇÃO DE NARRATIVAS COMO INSTRUMENTO DE LUTA CONTRA A VIOLÊNCIA DE ESTADO

AULA PÚBLICA

com Paulo Tavares (UnB)

Trazer ao visível atos que não se apresentavam como violência, ou formas de violência veladas e escondidas, significa ampliar nosso entendimento do que constitui direitos e como protegê-los. Na maioria dos casos, o que se vê é um processo de apagamento, tanto das evidências como no próprio nível do discurso, de maneira que sempre estamos confrontando esse processo de apagamento e invisibilização de atos de violência tanto no plano da prova documental como no das narrativas. A prática da arquitetura forense parte do gesto de construir, tecer, narrar, editorializar, filtrar, compor e mapear para interpretar e agir nos conflitos contemporâneos. Nessa aula, Paulo Tavares vai expor uma investigação de violência estatal realizado no RJ.

Quando? 

Dia 04 de julho às 15:00

10 vagas