Festival-PowLíticocor2.jpg
marinete.jpg
railda.jpg
debora.jpg

A luta de mães e familiares contra o cárcere e o genocídio

RODA DE CONVERSA

com Debora Silva (Mães de Maio), Railda Alves (AMPARAR) e Marinete Silva (Instituto Marielle Franco)

As dificuldades de familiares e amigos em colaborar com a pessoa presa são inúmeras. Seja pela burocracia para conseguir visita, seja pela dificuldade com as transferências para presídios distantes, seja pelo tratamento vexatório aplicado pelos funcionários... Essa roda de conversa tem por objetivo discutir os movimentos históricos de luta de mães e familiares de vítimas da violência policial e do encarceramento, na promoção de redes de bem viver e bem estar para pessoas racializadas e periféricas. Além disso, serão abordadas práticas de apoio e modos de cooperar com a luta dessas coletivas de mães e familiares,.

Quando? 

Dia 03 de julho às 15:00

10 vagas