Festival-PowLíticocor2.jpg

Hasteamento da bandeira

PERFORMANCE

com Jefferson Skorupski

Erguer, içar, elevar a bandeira mais colorida e mais vyada do mundo no Brasil é um ato que não somente exige Coragem, mas Teimosia e (R)Existência pelas Vidas LGBTQIA+. São Paulo (1º) e Ceará (4º) são os estados que mais matam gays, travestis e trans neste país (dados do Grupo Gay da Bahia). A performação "Hasteamento da Bandeira" já percorreu as ruas e as encruzilhadas de Fortaleza-CE e Cubatão-SP, agora  atravessa os sertões de Madalena-CE alçando a Bandeira do Orgulho LGBTQIA+ afrontando os ditames de nossa sociedade. É uma deriva corredora, andante, bicicletante, cavalgante que ascende as corpas insurgentes e rebeldes em potência do SER.

Quando? 

Dia 21 de julho às 19:00